Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

segunda-feira, 13 de julho de 2015

"Juquery" na 23ª Mostra de Teatro Monte Azul

Aumentar texto Diminuir texto
O espetáculo “Juquery: memórias de quase vidas”, do Teatro Girandolá, participará de uma das mostras mais tradicionais da zona sul de São Paulo, a Mostra de Teatro Monte Azul, que ao longo de sua história já contou com a participação de grupos como Teatro Oficina, Cia São Jorge de Variedades, Núcleo Bartolomeu, Brava Cia, XPTO, grupo Galpão, entre outros.
A 23ª edição da mostra, acontecerá de maneira independente, em comemoração aos 40 anos de trabalho da Associação Comunitária Monte Azul, de 16 a 26 de julho, reunindo grupos atuantes nas periferias do Estado. Serão 14 espetáculos, 5 oficinas e 1 Exposição
A bela história da Associação Monte Azul, que começou lá em 1975, com pequenas escolinhas construídas em mutirão, é inspiração pros nossos fazeres do lado de cá. A apresentação do “Juquery”, acontecerá no dia 25 de julho, às 20h, no Centro Cultural Monte Azul.
 Integrar esta mostra, levando a história da nossa região, também periférica, também marginalizada, é abrir um diálogo acerca do que é arte em comunidade, e poder partilhar ideias com coletivos também fazedores de teatro político. 
Cheguem mais pra esse encontro, de leste a oeste, os da norte também, vamos todos pra sul! 
O espetáculo “Juquery: memórias de quase vidas” foi concebido por meio de processo colaborativo, onde cenas e texto surgiram a partir de pesquisas teóricas e experiências vivenciadas pelos atores criadores, tanto na convivência com os pacientes do Complexo Hospitalar do Juqueri, como em experimentos cênicos praticados nas ruas da cidade de Franco da Rocha. 
Sinopse do espetáculo 
Personagens e histórias esquecidas atrás dos muros do Hospital Psiquiátrico do Juquery (que há mais de 100 anos separa a loucura considerada doentia, da loucura cotidiana e aceitável pela sociedade), se contrapõem a tantas outras histórias que estão todos os dias diante dos nossos olhos, e que talvez acostumados a elas, já nos passam despercebidas. 

Conheça a programação completa da mostra clicando aqui

Ingressos: pague quanto puder 
Bilheteria abre 1 hora antes dos espetáculos. 
Conheça mais a respeito da Associação Monte Azul e de suas atividades por aqui.