Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Ôxe! Junho: mês do resgate de parte da nossa história!

Aumentar texto Diminuir texto
Mais uma edição do Ôxe! já está nas ruas, para a alegria de francorrochentes e moratenses, o10.000 exemplares já estão distribuídos pelos mais de 100 pontos de distribuição espalhados por nossas terras. Junho é mês de falar da reforma da antiga casa do Dr. Franco da Rocha, que é o Museu Osório Cesar, que está em processo de revitalização e reativação, dessa maneira todos nós estamos esperançosos para a continuidade desse espaço, que é destinado à construção e conservação da história da nossa região, toda formada pelo Juquery. 

Esse mês entrevistamos os jovens atores da Onze Horas Cia de Teatro, que falaram um pouco de como é fazer teatro aqui na região e também sobre o processo de construção do espetáculo "Sonhos de Helena", que foi apresentado no Oxandolá [In]Festa 2015, por falar nele, o festival acabou mas você pode conferir outras atividades culturais que estão pipocando na região, na Sessão Na Faixa.  Já rolou a premiação do V Concurso de Poesias Profº Roberto Tonellotti, veja aqui o resultado e leia no Ôxe! também as poesias premiadas na categoria local, composta por escritores de Franco da Rocha e de Francisco Morato. 
Também tem uma homenagem ao dia dos namorados, por Messias Silva; De mal a pior, por Danilo Góes. Na contracapa você conhece Ednaura, pelo projeto Consciência Negra o ano inteiro. E você também confere a data do próximo CONPOEMA RECEBE de julho, que acontecerá em Francisco Morato.

Ficou curioso pra ler? Não espere! Baixe o Ôxe! aqui ou leia na tela do navegador aqui ou ainda, se preferir pegar o Ôxe! nas mãos, confira aqui os pontos de distribuição. Curta-nos no facebook, compartilhe e nos ajude nessa jornada!