Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

terça-feira, 5 de maio de 2015

Memórias de nossas vidas em cena!

Aumentar texto Diminuir texto

A história do Complexo Hospitalar do Juquery está sendo contada através do teatro, os atores do grupo Girandolá deram vida à personagens que mostram fragmentos e memórias de pacientes, funcionários, e até do fundador do hospital, o Dr. Franco da Rocha.
A peça "Juquery: memórias de quase vidas" , foi desenvolvida a partir de vivências com internos, diálogos com funcionários e moradores da cidade, pesquisa em prontuários de pacientes, leituras de textos, livros e teses sobre o tema durante 2 anos, e estreou em outubro de 2014.
O texto, produzido coletivamente, conta também com depoimentos pessoais dos próprios atores, que compartilham suas experiências diante dos transtornos mentais e da relação que possuem com a cidade.
O espetáculo já foi assistido por mais de 600 pessoas nestes seus 07 meses de estrada, e pode ser visto até o dia 16 de maio, gratuitamente, no Centro Cultural de Franco da Rocha, onde está em temporada aos sábados e domingos, às 20h*.

Veja as fotos do segundo fim de semana de temporada, logo abaixo:

A plateia que já assistiu ao espetáculo tem saído emocionada por ter acesso a esta história tão relevante para todo o Brasil, e que foi tirada do esquecimento pelo grupo, além de poderem vivenciar junto aos atores as emoções tão de perto, onde são o tempo todo convidados a interferir diretamente nas cenas, contribuindo também com a produção de um espetáculo único a cada dia.
Não perca! Convide os amigos e familiares para conhecer um pouquinho mais sobre a história de formação desta região!
O grupo não possui financiamento para esta temporada, e conta com a colaboração espontânea do público ao final do espetáculo, para que ele possa ser assistido por ainda mais pessoas.
Mais sobre o espetáculo, no site do Teatro Girandolá.

*Exceto dia 10 de maio, em que a apresentação será às 21h

O espetáculo é recomendado para maiores de 16 anos e tem lotação máxima de 40 pessoas, os ingressos são distribuídos com 1h de antecedência de cada sessão. Se programe e compareça!