Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Ara Pyau nas escolas de Franco e de Morato!!!

Aumentar texto Diminuir texto
No dia 15/05, o Teatro Girandolá foi até a Escola Pedro Paulo Aguiar, em Francisco Morato, apresentar o espetáculo “Ara Pyau – Liturgia para o povo invisível” para os alunos do ensino médio da instituição.

Os jovens já estavam em suas cadeiras antes mesmo do espetáculo começar, observando o aquecimento dos atores, os objetos de cena, que sempre deixam os espectadores curiosos para saber o que o Girandolá retratará na montagem. Ao apresentar o espetáculo em escolas, o grupo percebe que a cultura indígena no geral, deixa as pessoas curiosas, essa cultura da nossa raiz, da nossa ancestralidade, mas que infelizmente, não faz parte da atualidade de muitos brasileiros.

E é o retorno a essa raiz que o grupo pretende levar ao público, apresentando seu espetáculo e mostrando um pouco dos guaranis-mbyas que vivem na cidade de São Paulo, no bairro do Jaraguá. Através de instrumentos musicais, petynguá (cachimbo), atores dançantes e todo o ritual com fumaça e terra, o grupo mergulhou a escola no universo guarani.

Os alunos não desgrudaram os olhos das cenas e o Girandolá espera que essa apresentação tenha sido muito significativa para esses meninos e meninas estudantes, que a partir de agora podem estudar e disseminar essa cultura e, quem sabe, ajudar o Brasil a valorizar seus povos originários. Depois da apresentação, como de praxe, o grupo bateu um bom papo com os jovens sobre questões ligadas aos indígenas do Jaraguá e do Brasil. Confira abaixo as imagens:


Outra escola que ficou impregnada pela cultura guarani foi a E.E. Donald Savazoni, em Franco da Rocha, que recebeu essa apresentação alguns dias depois de Francisco Morato, lá também os alunos puderam ver o espetáculo e ao final, expor todas as suas curiosidades, e eram muitas viu?! A apresentação rendeu um bate-papo esclarecedor para o grupo e para os alunos, que contou com a presença da parceira, amiga e orientadora desse projeto Andrea Amorim. Abaixo mais imagens:


As apresentações do Ara Pyau sempre suscitam discussões interessantes acerca da política, filosofia e cultura. E o Girandolá espera contagiar muito mais escolas e espaços das cidades da região com esse e outros espetáculos. Acompanhe nossas atividades pelo facebook e para saber mais sobre esse trabalho, acesse o site do espetáculo e fique de olho na agenda!