Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

segunda-feira, 16 de março de 2015

Da urgência de ser artista

Aumentar texto Diminuir texto
O Espaço Girandolá abriu as suas portas, nesse dia 14 de março, para ser mais uma vez morada de possibilidades.
Uma vez por mês os Franco – Morantenses, se reúnem para bater-papo, ouvir boa música, comer uma gostosura, e acima de tudo, para se expressarem.
É possível ver nos olhos aqueles que esperaram ansiosos pelo momento de mais um Sarau, aqueles que separam suas poesias em casa, escolheram textos pra dedicar aos amigos, e preparam apresentações com antecedência - com o cuidado de quem vai dar um presente, e aqueles que vem de peito aberto para este encontro. E no momento em que estão no palco, todo a plateia é agraciada com a possibilidade de entrar no íntimo de cada um e conhecer sua casa, seus sonhos, seus anseios e suas angústias.
É através das músicas cantadas com tamanha necessidade que reconhecemos artistas, que explodem em sentimentos e se transformam com tamanha grandeza e beleza de suas entregas, é através dos poemas escritos e reescritos compartilhados, que reconhecemos artistas, que trabalham constante e arduamente para o aperfeiçoamento de sua arte a fim de sensibilizar, é através dos textos políticos escolhidos, que reconhecemos artistas, que vivem e percebem seu tempo, criticando-o e buscando novos caminhos para os problemas apresentados, é através da disponibilidade de se colocar diante do novo, diante do desconhecido, que reconhecemos artistas, que se propõem a desconstruir seus corpos e suas opiniões previamente formadas.
É através dessas trocas que nos reconhecemos uns nos outros, e que nos construímos artística e socialmente.


 O Sarau ConPoeMa é um motor dessa energia, que se retroalimenta, lançando toda essa potência criadora e transformadora ao universo. Desses encontros, surgem amizades, ações, projetos, como é o caso do Zine Poesias no Fronte - a cidade armada em versos, que é uma mini publicação coletiva e colaborativa, que todos os meses apresenta a obra de um poeta diferente do Sarau. É por isso que o Sarau é realizado todos os meses (sempre no segundo sábado do mês) continuamente, pois a partir dele, temos um infinito de possibilidades.

 A realização deste evento é da Associação Cultural ConPoeMa.
A entrada é sempre franca, e todos são bem-vindos!
Uma maneira de colaborar com a permanência desta atividade, além da participação artística, é adquirindo os produtos do bazar ConPoeMa: Camisetas das iniciativas, colares, livros de artistas locais...venha conhecer, e contribua!
Quer colocar seus produtos artísticos (livros, cds, etc)  no bazar?
Fale conosco!

 Acesse o facebook da Associação.
Maiores informações: 4488-8524