Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Ôxe! Gratidão, 2014!!!

Aumentar texto Diminuir texto
Então é Natal, e o que você fez? O ano termina, e o Ôxe! continua percorrendo as ruas moratenses com a última edição de 2014, ano muito feliz para nós, da Associação Cultural ConPoeMa, da qual o Informativo Ôxe! faz parte. E é sobre a nossa trajetória nesse ano que fala o texto de capa, que contempla todas as pessoas que integram esse coletivo, com muita garra e esforço para viver a vida ConPoeMa.

Pra fechar o ano, nossos queridos colaboradores coloriram as páginas com muitos textos bons, confira a poesia "O oportunista" de Messias Silva, mais um texto da grande Jhoyce Milena, decida entra a poesia ou a vida no texto de André Arruda, um belo comparativo de Danilo Góes, as pílulas com frases sobre o final do ano, a ilustração do talentosíssimo Betto Souza, na contra você conhece a moradora Didi através do projeto Consciência Negra o ano inteiro, a divulgação do último OcupaCEU das Artes do ano e mais alguns recadinhos importantes espalhados pelas folhas do informativo.

Pra você que quer pegar o Ôxe! nas mãos, confira aqui os pontos de distribuição. Se preferir, baixe a versão digital nesse link, ou leia diretamente do seu navegador aqui.

Abaixo você confere mais um vídeo de entrevista, dos nossos parceiros e fotógrafos de Mairiporã, Humberto Muller e Mari Lima, que tem um belíssimo trabalho com projetos fotográficos na região. Conheça o trabalho desses dois, veja o vídeo, curta, compartilhe, manda um whats, twitta e ajude a divulgar mais um trampo da nossa periferia. Um forte abraço e até 2015, que já promete muitos Ôxe! nas ruas!