Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

2º final de semana: "Juquery: memórias de quase vidas"

Aumentar texto Diminuir texto
Nesse último final de semana, o Teatro Girandolá continuou com suas apresentações do espetáculo "Juquery: memórias de quase vidas", que é resultado da pesquisa que o grupo realiza há aproximadamente dois anos, no Hospital Psiquiátrico do Juquery, instituição tão importante para o desenvolvimento dessa região e que precisa ter sua história relembrada o tempo todo, para que todos os moradores da cidade não esqueçam de sua importância, e percebam que entre tantas histórias de vidas que se perderam, de maus-tratos, de higiene social, também tem muitas histórias de famílias que se formaram por conta desse espaço, artistas-pacientes que surgiram e também a característica que o Juquery trouxe pra cá e que deu às cidades, esse perfil de acolhimento, onde todos por aqui são bem vindos, sempre cabe mais um, seja ele pobre, negro, nordestino, deficiente físico ou deficiente mental.

Depois das duas apresentações, algumas pessoas relataram o orgulho que sentiram por serem francorrochenses e por perceberem, vendo o espetáculo, tamanha riqueza nessa história, que muitos que aqui vivem não sabem. Alguns saíram com a sensação de bater no peito e dizer: eu sou de Franco da Rocha! E essa é uma das sensações que o Teatro Girandolá quer passar ao público.

Foram mais duas apresentações que ficarão na história da região, que precisa estar cada vez mais fortalecida, que todos saiam batendo no peito e se orgulhando dessa raiz Juqueriense que temos. O espetáculo ficará em cartaz na Casa de Cultura de Franco da Rocha até dia 23/11, compondo a programação de aniversário da cidade, que comemora 70 anos no dia 30 de novembro, além de circular pelas 4 cidades que um dia foram a cidade de Juquery, Franco da Rocha, Francisco Morato, Mairiporã e Caieiras. Confira as imagens abaixo:
A produção e a temporada de estreia desse novo espetáculo está sendo financiada pelo ProAC 2013, Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, a temporada de estreia é uma co-realização da Prefeitura de Franco da Rocha e conta com o apoio das prefeituras de Caieiras e Mairiporã, do Complexo Hospitalar do Juqueri e da Cooperativa Paulista de Teatro.

O espetáculo é recomendado para maiores de 16 anos, será apresentado gratuitamente e atenderá a 40 espectadores por sessão. Os ingressos serão distribuídos com 1 hora de antecedência, nos locais das apresentações.

Acompanhe a agenda abaixo e compareça:
14/11 às 20h - Espaço Girandolá (Francisco Morato)
15/11 às 20h - Casa de Cultura (Franco da Rocha)
16/11 às 20h - Casa de Cultura (Franco da Rocha)
21/11 às 20h - Espaço da Cultura (Mairiporã)
22/11 às 20h - Casa de Cultura (Franco da Rocha)
23/11 às 20h - Casa de Cultura (Franco da Rocha)
29/11 às 20h - NEC Centro (Caieiras)

Endereços:
Casa de Cultura – Boulevard Giuliano Cechettinni, s/n°, Centro, Franco da Rocha, SP
Espaço Girandolá – Av. São Paulo, 965, Vila Suíça, Francisco Morato, SP
Espaço da Cultura – Rua 15 de novembro, 171, Centro, Mairiporã, SP
NEC Centro – Rua João Martins Ramos, 10, Jardim São Francisco, Caieiras, SP
Outras informações: 4488-8524 ou acesse aqui o site do Girandolá e saiba mais sobre o espetáculo.