Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Um pouco de cinema no teatro!

Aumentar texto Diminuir texto
Todo primeiro final de semana de cada mês, os moradores de Franco da Rocha, Francisco Morato e região já sabem que terão dois dias de programação cultural, no Girandolá ConPoeMa Recebe, que acontece desde 2009, e traz uma vez por mês espetáculos de música, teatro ou dança.

Dessa vez, o grupo que animou o sábado e o domingo, foi o Una Teatro, que nasceu em 2009 e desde sua primeira pesquisa, desenvolve experimentações cênicas dos arquétipos presentes nas mitologias em contraponto aos estereótipos sociais. O grupo já é parceiro do Girandolá ConPoeMa Recebe, em 2012, a montagem Nós, foi também apresentada em Franco da Rocha.

Neste fim de semana, o Una Teatro fez um ensaio aberto do seu espetáculo SagaS no Centro Cultural Newton Gomes de Sá, mas o espetáculo já está praticamente pronto, e foi levado a público para apenas 40 pessoas por sessão, de modo que os espectadores pudessem curtir o trabalho da melhor maneira possível, já que o grupo ambientou todo o espaço e construiu nada mais, nada menos do que um trem no meio do centro cultural.

O espetáculo é executado sem falas, e a plateia é convidada a conhecer as histórias contadas apenas por meio das sonoridades, expressões corporais e projeções, que permeiam todo o espetáculo e ajudam o público presente a compreender o que se passa nesta viagem, sobre tudo no conto “A hora e a vez de Augusto Matraga”, do livro Sagarana, de Guimarães Rosa, que é o fio condutor de toda a história.

Não tem como assistir a peça e não relembrar de clássicos do cinema mudo, como os filmes de Meliès, Chaplin e outros. Além de ver o espetáculo, a plateia pôde viajar no tempo e ver teatro com um toque de cinema.

Abaixo, você pode conferir ver as imagens das duas apresentações. Para saber mais sobre o UNA clique aqui, e aqui você conhece o Girandolá ConPoeMa Recebe... Fique ligado na programação e compareça, é você que faz o projeto continuar!!!