Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Conto de todas cores, neste domingo!

Aumentar texto Diminuir texto
O Conto de Todas as Cores, primeiro espetáculo do Teatro Girandolá, vem sendo apresentado por diversos teatros, escolas, parques, praças e quintais, do Interior, Grande São Paulo e Capital Paulista, desde 2008, participando de diversos festivais e mostras pelo Estado, além de já ter participado de um festival de teatro infantil na Colômbia, no ano passado. 
A obra, inspirada no livro de poesias “Lili inventa o mundo” de Mário Quintana, foi criada colaborativamente a partir das brincadeiras populares, vivenciadas e recriadas pelos atores. Talvez este seja o ingrediente que deixa o espetáculo universal, falar da infância, e puxar na memória como todos nós já brincamos um dia. Assim, o espetáculo tem encantado desde as crianças até os mais velhos, e faz com que mesmo depois de tantos anos, ele não se perca no tempo.
No próximo fim de semana, além da programação do Festival Oxandolá [In] Festa 2014, no domingo, dia 25, também é possível conferir o espetáculo do Teatro Girandolá, que levará mais uma vez a história da menina Lili para a estrada. A apresentação do Conto será às 17h, na Casa da Cultura de Bragança Paulista, que está localizada na Rua Cel. Assis Gonçalves, 243, no Centro.

Sinopse: Após sofrerem uma grave crise de ideias, contadores de histórias decidem unir cores e inspirações para contarem uma história única: a história de Lili. Daí pra frente um mundo de cachorro pulguento, poeta velho, professora doida, vai sendo desenhado pela imaginação sem freios de Lili.

Se estiver por perto, aprecie!