Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quarta-feira, 19 de junho de 2013

A cidade dormitório está acordando: a maior manifestação que Morato já viu!

Aumentar texto Diminuir texto
Nesta quarta (19/06) tivemos o prazer de participar daquela que certamente foi a maior manifestação que Francisco Morato já viu. Obviamente inspirados pelas manifestações que recentemente tomaram as ruas do Brasil e acabaram de conseguir a redução da passagem nas duas principais capitais brasileiras, estudantes da rede pública estadual se articularam e organizaram a manifestação que começou inicialmente com alunos de diversas escolas moratenses, mas que pelo caminho ganhou o reforço da população e facilmente chegou a mais de 2.000 pessoas.

O protesto se concentrou inicialmente na praça Belém da Serra e, pontualmente às 15h, tomou as ruas e circulou por todo o centro de Morato, inclusive pela estação de trens. Acompanhados de perto pela polícia, a manifestação gerou (antes mesmo de começar) uma onda de boataria e medo exagerados que fechou estabelecimentos e autarquias. O receio exagerado também pôde ser visto no número excessivo de policiais armados em todo o trajeto. Mas como esperado, tudo transcorreu de maneira supertranquila e sem casos de vandalismo pelo caminho. Claro que sempre tem alguns que não entendem ou não querem entender do que se trata e tentam tumultuar a coisa toda, com bombas e posturas ridículas e que enchem o saco de qualquer um.

Mas foi um belíssimo e democrático momento da população moratense que começa a demonstrar, assim como a população brasileira em geral, sinais de amadurecimento político. O mais bacana é ver que tudo isso nasceu espontaneamente dos próprios alunos que se articularam e coordenaram por conta própria. Pra quem não sabe, isso é protagonismo. A adesão da população foi outra coisa muito bacana que surpreendeu até os próprios organizadores. Muita gente participou e muita gente também apoiou, aplaudiu e fotografou a manifestação, em especial no centro, mesmo de dentro dos escritórios.

Depois de uma pequena assembleia para decidir o restante do trajeto, bem no centro da cidade, os manifestantes rumaram para o viaduto que liga os dois lados da cidade. No caminho, cruzaram com um ônibus da Viação Moratense que obviamente foi “levemente hostilizada” e teve que voltar de ré pela rua. Já no alto do viaduto o pessoal se dispersou.

Apesar dos relatos de vandalismos que chegavam aqui e acolá e de outros exageros, a manifestação foi considerada altamente positiva e acreditamos que atingiu plenamente seus objetivos, impactando fortemente a população moratense. Parabéns a todos que participaram da manifestação, principalmente aos organizadores, mas acima de tudo, parabéns a toda população moratense que mais uma vez surpreendeu os descrentes. Chega de conversa, confere aí:

InfoOxe's Passagem_06-16 album on Photobucket


E SABADO TEM MAIS MANIFESTAÇÃO, QUE SAI DA PRAÇA BELÉM ÀS 17H!
Logo depois, às 20h, temos a continuação do Oxandolá [In]Festa com o espetáculo “Casa de Farinha do Gonzagão” do CTI que será apresentado na frente do CIC. Programão, você vai na manifestação e depois curte teatro. Vai perder? Nos vemos lá!


.