Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quarta-feira, 15 de maio de 2013

O Teatro Girandolá Recebe...o Núcleo Pavanelli

Aumentar texto Diminuir texto

 O Teatro Girandolá em parceria com o Núcleo Pavanelli de Teatro e Circo conseguiu realizar seu desejo de ampliar o projeto Girandolá Recebe,  esse mês ele acontecerá nas duas cidades: Franco da Rocha e Francisco Morato, esta edição de maio conta com o apoio das duas prefeituras através de suas Secretarias de Cultura.

No dia 25 de maio, sábado, o Núcleo Pavanelli apresenta o espetáculo Aqui não, Senhor Patrão! (Espetáculo contemplado pelo edital da Funarte – Artes Cênicas na Rua), às 20h em frente ao CIC, no centro de Morato e integrará a programação da “Maratona Cultural”, evento idealizado pela Superintendência de Cultura de Francisco Morato e que será realizado em parceira com realizadores culturais locais.
Já no domingo, dia 26, eles estarão no mesmo horário, 20h, no Boulevard Giuliano Cechettini, no centro de Franco da Rocha, com o espetáculo O Básico do Circo.

Em caso de chuva a apresentação de Morato acontecerá dentro do CIC Francisco Morato e a de Franco, no Centro Cultural.

Os dois espetáculos são livres para toda família, não perca, é tudo grátis!



Sinopses

Aqui Não, Senhor Patrão!
A história é um recorte na trajetória da produção de uma bota: desde o trato do plantel que fornece o couro, até a fabricação do produto, culminando em sua venda. Através da visão temporal de passagem dos períodos históricos, um casal de trabalhadores passa por todas estas duras e diferentes etapas de produção, tanto no campo como na cidade. Estes trabalhadores vão percebendo o quanto sua mão-de-obra é inversamente proporcional ao lucro que geram ao seu empregador. A questão da mais-valia torna-se evidente e começam a tomar consciência deste sistema que é baseado na exploração do homem pelo homem e na propriedade privada.

Espetáculo contemplado pelo edital da Funarte – Artes Cênicas na Rua.

Texto: Simone Brites Pavanelli
Orientação em dramaturgia: Calixto de Inhamuns
Direção: Marcos Pavanelli
Duração: 60 min. 

O Básico do Circo
A história tem início com o ensaio da nova bailarina do circo, desastrada e trapalhona, que conquista de cara o coração dos dois palhaços que fazem de tudo para conquistá-la. 
O dono do circo fica furioso, mas não vendo outra solução, atua como juiz da “luta de boxe” dos palhaços onde, é claro, ninguém vence.
 
Texto: Reprises Clássicas de palhaço adaptadas por Marcos Pavanelli e Simone Brites Pavanelli 
Duração: 60 min