Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Sarau do Binho vive!

Aumentar texto Diminuir texto

Não é que o Kassab Maluquinho e a Gang dos Reaças aprontou mais uma? Pois agora decidiram, por conta de uma “burrocracia” qualquer, fechar o bar onde acontecia há 8 anos o Sarau do Binho. Segundo a sub-prefeitura do Campo Limpo, a falta do Alvará de Funcionamento foi o motivo não só do fechamento do bar (que tem CNPJ e tudo mais, diga-se de passagem) como também das multas que já somam R$ 8.000,00 segundo conta o próprio Binho (veja o vídeo aí embaixo).

Mas felizmente, como é de praxe, a comunidade já se movimenta e busca meios de contornar as dificuldades que o sistema nos apresenta. Além de continuar realizando o Sarau do Binho, agora de forma itinerante em outros espaços culturais, fortalecendo e mantendo a resistência cultural, o pessoal também está arrecadando colaborações para regularizar a situação e manter as atividades desenvolvidas através do site de crowdfunding Catarse.

Pra quem não conhece ou sabe da importância dessa iniciativa cultural premiada, inclusive com o Ponto de Cultura do Ministério da Cultura, “O Sarau do Binho, há oito anos, reúne poetas, cantores, músicos, atores e outros artistas populares que se revezam de forma livre, com o propósito de mostrar sua arte para quem estiver interessado em ver e ouvir.

O Sarau do Binho já se transformou em marco importante de expressão cultural para poetas e escritores dos movimentos de periferia da cidade. O interesse dos participantes pela cultura é construído com o próprio esforço, e gera frutos de qualidade.

Sua existência dá margem a outras iniciativas, como a participação em eventos culturais da cidade, interação com quilombos e aldeias e até mesmo caminhadas culturais por outras cidades e estados, que é a Expedicion Donde Miras que já apresentou saraus em várias cidades do interior de São Paulo, Curitiba e Rio de janeiro.

Os artistas do Sarau têm consciência da importância do evento, assim como seu idealizador. 'O Sarau é um laboratório. Aqui as pessoas trazem suas criações e aprendem o gosto por ler e escrever. Do laboratório popular, mais do que textos, sai também a consciência cidadã fortalecida', explica Binho.”

Para colaborar no Catarse com o projeto do Sarau no Binho é bem fácil e você ainda pode ter seu nome no blog do sarau, receber poesia por e-mail, baixar documentário sobre o Movimento dos Saraus em São Paulo, ganhar camiseta e livro do Sarau do Binho, dentre outras coisas. Para isso, acesse a página do projeto clicando neste link e siga as orientações: http://catarse.me/pt/saraudobinho Quer saber mais sobre o Sarau do Binho? Acesse o blog deles: http://saraudobinho.blogspot.com.br/


SARAU DO BINHO VIVE!



E aí, vambora dar uma força? -> http://catarse.me/pt/saraudobinho




ENTENDA O CASO






 MANO BROWN APOIA SARAU DO BINHO






 CRIOLO APOIA SARAU DO BINHO
 


E se você quiser trocar uma ideia sobre este e outros assuntos que envolvem a cultura periférica; logo mais às 19h, dentro das comemorações de nosso aniversário, o Oxandolá [In]Festa 2012, teremos o prazer e a honra de receber o poeta, pensador e ativista cultural Sergio Vaz, lá da Zona Sul também, em um bate-papo sobre "Cultura na/da Periferia". Sergio Vaz é um dos fundadores de outro sarau que é referência não só em São Paulo, mas no Brasil todo: o Sarau da Cooperifa. Não paga nada, basta aparecer! 

Confira nossa programação AQUI
Com informações de catarse.me/pt/saraudobinho


.