Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Nada de comemorações no dia 19!

Aumentar texto Diminuir texto


No dia 19 de Abril, dia do Índio, aconteceu o (De)Bate-Papo "Ser indígena na sociedade moderna", no Centro Cultural Newton Gomes de Sá, em Franco da Rocha. Esta atividade faz parte do projeto "Ara Pyau - contando histórias, trocando saberes", do Teatro Girandolá, que tem apoio do ProAC (Programa de Ação cultural), da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.
A atividade contou com a presença de quatro lideranças da aldeia Tekoa Pyau, comunidade Guarani Mbya que vive no bairro do Jaraguá: Alíseo, William e Pedro, que são educadores do CECI Jaraguá e Sr. José Fernandes, o cacique pajé da aldeia, que nos deu o privilégio de sua presença. Homens sábios que falaram sobre várias questões que giram em torno dos povos indígenas, sobre o preconceito da sociedade e fizeram questão de frizar que índigena é índigena, independente de como a vida deles é nos dias de hoje, eles se utilizam das tecnologias sim, porque também tem direito a tudo que nós, não indígenas (juruá) temos!

Dia 19 não é um dia pra ser comemorado e sim, lembrado, afinal de contas, há 512 anos atrás os europeus entraram nessa terra e acabaram com os povos que aqui viviam e hoje, nós somos o reflexo desse massacre e conhecemos muito pouco da verdadeira história dos povos originários desse país, nossos ancestrais.

Nós só temos que agradecer a esses guerreiros por terem nos proporcionado uma noite de esclarecimentos, revolta e de nos fazer perceber que precisamos lutar, lutar pela nosso povo, pela nossa cultura, que ainda continua sendo massacrada!

Confira as fotos desse dia, pra lá de especial: