Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Sarau D'Quilo

Aumentar texto Diminuir texto
No último dia 3 estivemos na Quilombaque pra conferir mais uma edição do Sarau D'Quilo, que vem acontecendo de 15 em 15 dias. Fazia um tempinho que não apareciamos por lá e tivemos boas surpresas ao adentrar aquele espaço que a cada dia se torna mais acolhedor.
A primeira boa surpresa foi ver o Quilomboteco funcionando "sob nova direção" com salgados deliciosos, drinks temáticos e muito alto astral, servindo um dos melhores choconhaques que já experimentamos na vida. Daí pra frente, as boas surpresas não pararam de acontecer... Como bem disse nosso amigo Soró, "aquele dia foi dedicado ao protagonismo juvenil".
A primeira atração da noite foi o grupo All Strings, com seu espetáculo "A dança das notas", que encantou a todos os presentes, numa apresentação que mesclou música clássica e popular, dança, encenação, história e teoria musical, um belo trabalho, realizado por jovens cheios de determinação. Depois assistimos ao documentário "A origem de Perus" produzido pelos alunos da E.M. Cândido do Portinari, em parceria com Instituto Criar. Na sequência foi aberto o Sarau e o que se seguiu depois foi uma avalanche de poesias, ideias e emoções que abriram espaço pro delicioso Samba de Bumbo que fez todo mundo sacudir o esqueleto numa grande brincadeira que durou até o sol raiar...
Pra quem não pode ir, veja o que perdeu.
Pros que tiveram o prazer de estar lá, aproveitem as fotos pra rememorar os melhores momentos.
Não percam o próximo Sarau D'Quilo, vai ser dia 16/12.





.