Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Calçadas da Infâmia - O Retorno!

Aumentar texto Diminuir texto

Hoje, na hora do almoço, recebemos em nosso escritório a visita de uma moradora do centro de Francisco Morato, Evelize Janaína, de 29 anos e que quase teve sua filha atropelada por um ônibus quando desviava de uma calçada tomada por carros e material de construção há poucos metros do Departamento de Trânsito. Ela chegou por aqui bastante indignada e munida de diversas fotos que traduzem o desrespeito com que os pedestres são tratados em nossa cidade.
Hoje pela manhã Evelize voltava pra casa com duas crianças, sua filha de 11 anos e o filho de uma vizinha, de 8. No caminho, como sempre, encontrou pelas calçadas diversos obstáculos: Carros estacionados, areia, blocos, madeiras, pneus velhos, buracos; que em diversos pontos acabam obrigando os pedestres a andarem pela rua pra conseguirem continuar seus percursos. E foi exatamente isso que aconteceu: pra poder continuar seu percurso, Evelize e as 2 crianças tiveram que sair da calçada pra desviar de um monte de areia que ocupava alguns metros da calçada pela qual andavam e nesse desvio, passou um ônibus que quase levou sua menina junto. A mãe assustada, aproveitou que estava muito perto do Departamento de Trânsito e foi lá, cobrar providências dos responsáveis pelo trânsito da cidade. Ela, enquanto pedestre, queria garantido seu direito de caminhar seguramente pelas calçadas, mas pra isso, precisava de calçadas livres. Pasmem... dois funcionários do referido departamento disseram que não podiam fazer nada, que aqui em Morato as coisas são assim mesmo e que se ela estava achando ruim e queria ser diferente de todo mundo, que chamasse a Record pra denunciar. De assustada, Evelize foi ficando indignada, correu em casa e pegou sua câmera fotográfica pra registrar os carros estacionados indevidamente em cima das calçadas em toda a extensão da rua onde o Departamento de Trânsito está localizado e até na frente do próprio departamento. Os dois “bonitos” continuavam a dizer que as coisas em Morato são assim mesmo e que só a Evelize queria ser diferente... Onde já se viu, né? Reclamar porque não tem espaço nas calçadas pra andar. Lugar de estacionar carro é mesmo em cima das calçadas, né? Os pedestres que se virem, andem pelas ruas ou então passem por cima dos obstáculos. Olha que isso até que não seria uma ideia ruim... quem sabe se cada vez que encontrarmos um carro estacionado em cima da calçada, em vez de desviar, começarmos a passar por cima dele, os donos se tocam que estão os deixando em lugar errado. Já que quem tem que advertir os maus motoristas não advertem, vamos nós mesmos criar outras formas de adverti-los.
E pra não cometermos aqui nenhuma injustiça, deixemos registrado que depois que a Evelize falou muito e tirou muitas fotos, o chefe do departamento apareceu por lá e preencheu uma “solicitação de serviços” para que os carros fossem removidos de cima das calçadas... só pediu pra que ela tivesse calma que em 15 dias o problema seria resolvido. Como assim, 15 dias? Quando um carro está estacionado em local indevido, ele não deve ser multado? Difícil entender pra que é que eles precisam desse prazo...
Evelize não procurou a Record, mas ligou pra alguns jornais da cidade e assim que conseguiu falar com a gente, veio até nosso escritório, dividir conosco sua indignação. Obrigada Evelize!
E acredite, não é só você que não concorda com as coisas erradas que acontecem em nossa cidade, tem muita gente por aí que também está indignado, que também deseja viver numa cidade mais justa, mais humana e melhor. Bem vinda ao time! Continue se indignando, exigindo seus direitos, cobrando responsabilidades, denunciando.
E você que está lendo este post agora, não deixe de conferir as fotos que ela tirou...