Ops!!!

Não era bem isso que você esperava encontrar???

Mas não se preocupe, se você chegou até aqui
é porque ainda não sabe da grande novidade.

Pois bem, passamos por uma reformulação completa e agora mudamos de endereço. 

Oxe o que e

A partir de agora todo os posts publicados no blog do ÔXE! estão abrigados neste novo endereço.

Então sem mais delongas, para continuar acompanhando o ÔXE!, saber de todas as novidades da Associação Cultural CONPOEMA e do Teatro Girandolá, acesse:

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Cinema Brasileiro em Francisco Morato

Aumentar texto Diminuir texto
O PROJETO CINE B, projeto cultural de democratização de acesso ao cinema, realizado pelo Sindicato dos Bancários, que leva o cinema brasileiro para diversas regiões do estado de São Paulo estará em nossa cidade no dia 15 de maio na EMEF Dr. Ulisses Silveira Guimarães no CSU.
O filme exibido será OS 12 TRABALHOS.

Sinopse: Heracles é um jovem negro, que vive na periferia de São Paulo e que gosta de desenhar. Há 2 meses ele deixou a Febem e agora procura uma ocupação. Por indicação de seu primo Jonas, Heracles passa a trabalhar como motoboy. Em seu período de experiência ele precisa realizar 12 tarefas pela cidade de São Paulo. Para realizá-las Heracles precisa lidar com o preconceito, a burocracia e sua própria falta de malícia no novo serviço.

Ficha técnica:

Gênero:Drama
Duração:01 h 30 min
Ano de lançamento:2007
Direção: Ricardo Elias
Roteiro:Ricardo Elias, baseado em roteiro original de Ricardo Elias e Cláudio Yoshida e com a colaboração de Hilton Lacerda e Arthur Autran
Produção:Van Fresnot
Música:André Abujamra
Fotografia:Jay Yamashita
Direção de arte:Ana Maria Abreu
Figurino:Cássio Brasil
Edição:Willem Dias

Os ingressos podem ser retirados na secretaria da escola com Michel ou na Câmara Municipal com Larissa, Dário ou Pulguinha.

Indicado para maiores de 16 anos.

Dia 15/05 (sáb) - 19 hs
Local : Emef. Dr. Ulisses Silveira Guimarães
Rua João Mendes Junior , 824
CSU

Informação enviada pela Assessoria do Vereador Capá

Na Faixa, por Fabia Pierangeli